Testes de Avaliação Física



Primeiro Teste
TESTE DE 12 MINUTOS
(chamado “Teste de Cooper”)
(Antes do teste, passar todas estas informações e tirar quaisquer dúvidas)
1. OBJETIVO: avaliar a capacidade aeróbia.
2. METODOLOGIA BÁSICA:
2.1. O teste pode ser realizado numa pista de atletismo, num campo de futebol, ao redor de uma quadra poli esportiva, ou mesmo uma praça ou parque, desde que relativamente plana e devidamente demarcada à metragem de cada volta;
2.2. Material: cronômetro, apito, prancheta, papel e lápis;
2.3. Solicita-se ao indivíduo que, a partir de um sinal, corra de forma relativamente constante, a maior distância possível dentro de 12 minutos cronometrados. Ao final deste tempo, avisado por outro sinal, o indivíduo deve parar e permanecer onde estiver até que seja feita a anotação de sua marca;
2.4. Para situar-se com relação ao tempo, o indivíduo pode ser avisado por duas ou três ocasiões, do tempo restante para os 12 minutos: por exemplo, quando faltarem cinco minutos, três minutos e um minuto para o final do teste;
2.5. Anotam-se os metros percorridos pelo indivíduo durante os doze minutos, desprezando-se as frações de metro (aproximação para baixo, em metros inteiros): Ex: 2.637,5 metros = 2.637m
3. REGRA
3.1  . Durante os 12 minutos, o indivíduo pode caminhar menos parar para descanso.

TABELAS DE REFERÊNCIA DE DESEMPENHO PARA O TESTE DE 12 MINUTOS
Idade
(anos)
Sexo
C l a s i f i c a ç ã o     d o s     R e s u l t a d o s

Muito Bom
Bom
Médio
Fraco
Muito Fraco

13 e 14
M
> 2700 m
2400 - 2700 m
2200 - 2399 m
2100 - 2199 m
< 2100 m
F
> 2000 m
1900 - 2000 m
1600 - 1899 m
1500 - 1599 m
< 1500 m
15 e 16
M
> 2800 m
2500 - 2800 m
2300 - 2499 m
2200 - 2299 m
< 2200 m
F
> 2100 m
2000 - 2100 m
1900 - 1999 m
1600 - 1699 m
< 1600 m
17 a 20
M
> 3000 m
2700 - 3000 m
2500 - 2699 m
2300 - 2499 m
< 2300 m
F
> 2300 m
2100 - 2300 m
1800 - 2099 m
1700 - 1799 m
< 1700 m
20 a 29
M
> 2800 m
2400 - 2800 m
2200 - 2399 m
1600 - 2199 m
< 1600 m
F
> 2700 m
2200 - 2700 m
1800 - 2199 m
1500 - 1799 m
< 1500 m
30 a 39
M
> 2700 m
2300 - 2700 m
1900 - 2299 m
1500 - 1899 m
< 1500 m
F
> 2500 m
2000 - 2500 m
1700 - 1999 m
1400 - 1699 m
< 1400 m
40 a 49
M
> 2500 m
2100 - 2500 m
1700 - 2099 m
1400 - 1699 m
< 1400 m
F
> 2300 m
1900 - 2300 m
1500 - 1899 m
1200 - 1499 m
< 1200 m
50 ou +
M
> 2400 m
2000 - 2400 m
1600 - 1999 m
1300 - 1599 m
< 1300 m
F
> 2200 m
1700 - 2200 m
1400 - 1699 m
1100 - 1399 m
< 1100 m

Obs.: as idades estão expressas em anos; as distâncias em metros;
< significa “menos que” e > significa “mais que”.

Segundo Teste
TESTE “SHUTTLE RUN” (corrida de ir e vir)
a) Objetivo: Avaliação da agilidade neuro-motora e da velocidade.
b) Material: 02 (dois) blocos de madeira (5 cm x 5cm x 10cm): 01 (um) cronômetro e espaço livre de obstáculos.
c) Procedimento: O (A) candidato (a) coloca-se em afastamento anteroposterior das pernas, com o pé anterior o mais próximo possível da linha de saída. Com a voz de comando: "Atenção! Já!" o (a) candidato (a) inicia o teste com o acionamento concomitante do cronômetro. O (A) candidato (a) em ação simultânea, corre à máxima velocidade até os blocos dispostos equidistantes da linha de saída à 9,14m (nove metros e quatorze centímetros) de distância. Lá chegando, pega um deles e retorna ao ponto de partida, depositando esse bloco atrás da linha. Em seguida, sem interromper a corrida, vai em busca do segundo bloco, procedendo da mesma forma. Ao pegar ou deixar o bloco, o(a) candidato(a) terá que cumprir uma regra básica do teste, ou seja, transpor pelo menos um dos pés as linhas que limitam o espaço demarcado. O bloco não deve ser jogado, mas sim, colocado ao solo. O cronômetro é travado quando o(a) candidato(a) coloca o último bloco no solo e ultrapassa com pelo menos um dos pés a linha final.
d) Tempo de execução: Anotado em segundos e avaliado conforme as tabelas para o masculino e feminino.

TABELAS DE AVALIAÇÃO PARA O TESTE SHUTTLE RUN (AAHPER, 1976)
RESULTADOS EM SEGUNDOS PARA UMA EXECUÇÃO COMPLETA DO PROCEDIMENTO
Sexo
PERCENTIL /
CLASSIFICAÇÃO
9-10
11
12
13
14
15
16
17
MASC
95 / EXCELENTE
10,0
9,7
9,6
9,3
8,9
8,9
8,6
8,6
75 / BOM
10,6
10,4
10,2
10,0
9,6
9,4
9,3
9,2
50 / MÉDIO
11,2
10,9
10,7
10,4
10,1
9,9
9,9
9,8
25 / REGULAR
12,0
11,5
11,4
11,0
10,7
10,4
10,5
10,4
5 / FRACO
13,1
12,9
12,4
12,4
11,9
11,7
11,9
11,7
FEMIN.
95 / EXCELENTE
10,2
10,0
9,9
9,9
9,7
9,9
10,0
9,6
75 / BOM
11,1
10,8
10,8
10,5
10,3
10,4
10,6
10,4
50 / MÉDIO
11,8
11,5
11,4
11,2
11,0
11,0
11,2
11,1
25 / REGULAR
12,5
12,1
12,0
12,0
12,0
11,8
12,0
12,0
5 / FRACO
14,3
14,0
13,3
13,2
13,1
13,3
13,7
14,0










média
2
8,75
8,9
8,6

masc
1,5
9,4
9,6
9,2

1
9,95
10,1
9,8

0,5
11,2
10,7
11,7

2
9,65
9,7
9,6

fem
1,5
10,35
10,3
10,4

1
11,05
11
11,1

0,5
13
12
14



Terceiro Teste

Teste de CORRIDA DE 20 METROS

Capacidade aferida:

·         Velocidade de deslocamento

Material:

·         Cronômetro, cones, prancheta e fichas.

Orientação:

·         Três linhas paralelas demarcadas no chão da seguinte forma: a primeira (linha de partida/referência); a 20 metros da primeira linha será marcada a segunda (linha de cronometragem); e a 21 metros da primeira (ou 1 metro além da segunda) será marcada a terceira (linha de chegada).
·         O estudante, partindo da posição em pé, com um pé avançado à frente imediatamente a trás da 1ª linha, será orientado a cruzar a terceira linha o mais rápido possível.
·         Ao sinal do avaliador o aluno deverá correr o mais rápido possível, em direção à linha de chegada.
·         Quando o aluno cruzar a segunda linha (dos 20 metros) será travado o cronômetro.
·         Recomenda-se marcar as linhas inicial e final (1ª e 3ª linha) com cones ou outros sinalizadores visíveis;
·         O cronometrista situado junto a segunda linha indicará o tempo do percurso no momento em que o aluno ultrapasse esta linha;
·         A terceira linha serve apenas como referência de chagada para o aluno, na tentativa de evitar que ele desacelere antes de cruzar a linha de cronometragem nos 20 metros;
·         O tempo será registrado em segundos e centésimos de segundos.

Critério de avaliação:



 Tabela(*) Geral de Avaliação para Testes de Aptidão Física
(*) considerada ainda provisória, por não representar uma amostra de amplitude nacional

MASCULINO
FEMININO
IDADE
classificação
Vinte Metros
IDADE
classificação
Vinte Metros
11 ANOS
Muito fraco
4,05s ou +
11 ANOS
Muito fraco
4,33s ou +
Fraco
4,04s – 3,83s
Fraco
4,32s – 4,05s
Razoável
3,82s – 3,65s
Razoável
4,04s – 3,90s
Bom
3,64s – 3,46s
Bom
3,89s – 3,72s
Muito bom
3,45s ou –
Muito bom
3,71s ou –
12 ANOS
Muito fraco
3,90s ou +
12 ANOS
Muito fraco
4,25s ou +
Fraco
3,89s – 3,70s
Fraco
4,24s – 3,97s
Razoável
3,69s – 3,53s
Razoável
3,96s – 3,82s
Bom
3,52s – 3,35s
Bom
3,81s – 3,64s
Muito bom
3,34s ou –
Muito bom
3,63s ou –
13 ANOS
Muito fraco
3,76s ou +
13 ANOS
Muito fraco
4,18s ou +
Fraco
3,75s – 3,57s
Fraco
4,17s – 3,92s
Razoável
3,56s – 3,41s
Razoável
3,91s – 3,76s
Bom
3,40s – 3,24s
Bom
3,75s – 3,57s
Muito bom
3,23s ou –
Muito bom
3,56s ou –
14 ANOS
Muito fraco
3,62s ou +
14 ANOS
Muito fraco
4,14s ou +
Fraco
3,61s – 3,44s
Fraco
4,13s – 3,88s
Razoável
3,43s – 3,29s
Razoável
3,87s – 3,72s
Bom
3,28s – 3,15s
Bom
3,71s – 3,51s
Muito bom
3,14s ou –
Muito bom
3,50s ou –
15 ANOS
Muito fraco
3,49s ou +
15 ANOS
Muito fraco
4,12s ou +
Fraco
3,48s – 3,31s
Fraco
4,11s – 3,85s
Razoável
3,30s – 3,18s
Razoável
3,84s – 3,71s
Bom
3,17s – 3,06s
Bom
3,70s – 3,46s
Muito bom
3,05s
Muito bom
3,45s ou –
16 ANOS
Muito fraco
3,35s ou +
16 ANOS
Muito fraco
4,12s ou +
Fraco
3,34s – 3,19s
Fraco
4,11s – 3,85s
Razoável
3,18s – 3,07s
Razoável
3,84s – 3,71s
Bom
3,06s – 2,97s
Bom
3,70s – 3,42s
Muito bom
2,96s ou –
Muito bom
3,41s ou –
17 ANOS
Muito fraco
3,22s ou +
17 ANOS
Muito fraco
4,14s ou +
Fraco
3,21s – 3,07s
Fraco
4,13s – 3,86s
Razoável
3,06s – 2,96s
Razoável
3,85s – 3,74s
Bom
2,95s – 2,89s
Bom
3,73s – 3,40s
Muito bom
2,88s ou –
Muito bom
3,39s

Material extraído e adaptado do PROESP-BR PROJETO ESPORTE BRASIL - Indicadores de saúde e fatores de prestação esportiva em crianças e jovens. Desenvolvido pelo Setor de Pedagogia do Esporte do CENESP- UFRGS.
Adaptação: Consultoria Técnica do PORTAL DA EDUCAÇÃO FÍSICA.


Quarto Teste






Teste salto em distância parado
·         Finalidade: para medir a força explosiva das pernas
·         Equipamento necessário: fita métrica para medir a distância (salto), piso antiderrapante para a decolagem, e área de pouso suave preferido. A decolagem linha deve ser claramente identificada.
·         Procedimento: O atleta está por trás de uma linha marcada no chão com os pés ligeiramente afastados, com balanço dos braços e flexão dos joelhos para proporcionar uma impulsão para frente. O sujeito tenta pular na medida do possível, a aterrissagem em ambos os pés, sem cair para trás. Três tentativas são permitidas.
·         De pontuação: A medição é feita desde a descolagem linha para o próximo ponto de contato no patamar (parte de trás dos calcanhares). Registre a distância mais longa saltada, o melhor de três tentativas. A tabela abaixo dá uma escala de avaliação para o teste de impulsão horizontal para os adultos, com base em experiências pessoais. Veja alguns resultados do atleta para o teste de salto em comprimento. Você também pode usar esta calculadora para converter centímetros para pés e polegadas.
Homens
Mulheres
Classificação
(Cm)
(Cm)
Excelente
> 250
> 200
Muito bom
241-250
191-200
Acima da média
231-240
181-190
Média
221-230
171-180
Abaixo da média
211-220
161-170
Pobre
191-210
141-160
Muito pobre
<191
<141
Resultados da tabela * Adaptado a partir da experiência pessoal e de várias fontes. 
·         Variações ou alterações: Um poço de pouso longo salto pode ser usado em vez de uma superfície dura, que permite ao sujeito a confiança esforçar mais para o salto, e para estender as pernas ainda mais na frente do corpo para o pouso. Esta técnica também permite que aqueles com maior habilidade para marcar saltos mais longos, o que é indesejável se você está tentando testar a potência da perna só. Distâncias geralmente mais longas deverão ser conseguidas com esta técnica, de modo à tabela norma anterior não seria preciso. O teste Eurofit recomenda o uso de uma esteira graduada para facilitar a gravação de distância do salto sobre a superfície de pouso.
·          Vantagens: Este teste é simples e rápido para executar, exigindo o mínimo de equipamento.
·         Desvantagens: não há alguma componente habilidade neste teste.
·         Comentários: Caindo ou pisando para trás após o desembarque irá resultar em medida a esse ponto de contato em vez de onde os pés tocados pela primeira vez. Alguns indivíduos vão tentar usar um passo na decolagem, o que não é permitido. O recorde mundial de salto de longa data é mantida por norueguês Arne Tvervaag, que saltou 3,71 metros.



Quinto Teste

TESTE DE FLEXIBILIDADE
Todos os sujeitos da amostra foram testados mediante o teste de sentar e alcançar de Wells e Dillon (1952), o qual utiliza-se como instrumento um flexômetro, que consta de um banco de madeira graduado em forma de cubo assim dimensionado: largura (35 cm), altura (35 cm), comprimento (40 cm). Na borda superior do banco encontra-se afixada uma escala métrica a qual se estende 26 cm para fora, demarcando o ponto zero (Physical Test for Windows, 1996).
O avaliado deve realizar um prévio aquecimento com leves exercícios de alongamento (ACSM, 2000). Sentado no solo, pernas estendidas com as solas dos pés descalços apoiadas contra o banco (encostado em uma parede). Com os braços estendidos sobre a cabeça, o avaliado deve avançar à frente vagarosamente com ambas as mãos paralelas tão distante quanto possível, mantendo esta posição momentaneamente, o avaliador deve apoiar os joelhos do avaliado, segurando-os com as mãos, sem no entanto, pressioná-los, para que se mantenham estendidos. Computar a melhor de três execuções como resultado final do teste, (ACSM, 2000).

TABELA 2 – Sumário das medidas descritivas para o sexo feminino

IDADE
MÉDIA
D.P.
MIN
MÁX
13
26,6
04,0
21
34
14
29,5
23,0
18
42
15
26,6
06,2
19
39
16
26,7
37,7
05
43
17
27,0
18,0
07
42

TABELA 3 – Sumário das medidas descritivas para o sexo masculino

IDADE
MÉDIA
D.P.
MIN
MÁX
13
28,0
10.0
20
44
14
26,3
09,1
13
42
15
27,2
20,5
11
40
16
29,4
14,4
18
39
17
28,0
37,6
09
51
18
25,0
12,3
15
40















Um comentário:

  1. Vc poderá me dizer qual é a(s) fonte(s) bibliográfica(s) da tabela do teste de Cooper ou do seu artigo?

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Carregando...